Recursos

ABC² apoia os manifestos em favor da Ciência e Tecnologia no Brasil

No dia 31 de agosto, o Governo Federal apresentou o Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2018 (PLOA) que trata do orçamento movimentável delineado para 2018. Este exclui despesas obrigatórias e reserva de contingência e reduz em 56% o orçamento para todo o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

Após a exposição do documento, manifestos em várias partes do país de entidades científicas e acadêmicas, além de universitários, professores e pesquisadores, estão sendo protocolados e entregues a órgãos competentes demostrando a discordância destas instituições sobre os cortes no Orçamento do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e suas colocações em defesa da não redução dos investimentos na área.

Segundo o projeto de Lei, o orçamento movimentável delineado para 2018, que exclui despesas obrigatórias e reserva de contingência, é de cerca de R$ 2,7 bilhões para todo o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Isso significa uma redução de 56% no orçamento que havia sido aprovado na LOA 2017 para a Pasta.

Ciência e Tecnologia são temas bem discutidos e expostos nos conteúdos da Associação Brasileira de Cristãos na Ciência. A redução de recursos direcionados para estas frentes, proposta para o Orçamento 2018, pode atingir seriamente o futuro do país. Para quem não sabe, os recursos atingirão as pesquisas, eventos e bolsistas do CNPq, refletirão diretamente nas ações da EMBRAPA e PETROBRÁS (pesquisa e desenvolvimento de novos produtos), entre outros.

Confira uma das cartas de manifesto, entregue pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência ao presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia – clique aqui.

 

Comentários